Nova gama de motos ENERGICA para 2023 – em exclusivo em Portugal ūüáĶūüáĻ¬†na Watt

Hoje tivemos a oportunidade, a convite da Moteo, de ficar a conhecer a sua estrat√©gia de distribui√ß√£o dos fant√°sticos modelos da marca italiana¬†ENERGICA, apresenta√ß√£o que decorreu num espa√ßo de enorme coer√™ncia com as potentes motoriza√ß√Ķes el√©tricas dos modelos apresentados, a Central Tejo.

A¬†Energica, como √© sabido, teve recentemente um enorme protagonismo derivado ao facto de ter sido a marca que forneceu as motos para o¬†Campeonato do Mundo de MOTO.E¬† e √© tamb√©m conhecida pelos modelos el√©tricos que comercializa de alt√≠ssimas presta√ß√Ķes.

A Moteo reuniu na Central Tejo os principais meios de comunica√ß√£o do sector das duas rodas, local onde exp√īs os quatro modelos da actual¬†gama de motos Energica, as duas Naked desportivas, Eva Ribelle e Esse Esse 9, a desportiva EGO e a recentemente apresentada EXPERIA, uma Tourer de estilo Adventure.

Curioso foi ficarmos a saber que¬†a Energica teve a sua origem num ‚Äútijolo‚Ä̂Ķ N√£o propriamente a Energica mas sim a empresa onde tudo come√ßou, tendo surgido no p√≥s II Guerra Mundial, pela m√£o do seu principal mentor, o pai de Roberto Cevolino, que inventou uma m√°quina que recuperava tijolos velhos, certamente provenientes dos destro√ßos de guerra.

Mais tarde, em 1970, foi fundada a Roberto Cevolini & Co, empresa que se centrou na produção de componentes para a Fórmula 1. Já em 1996 o filho de Roberto fundou a CRP Technology, que veio a desenvolver conhecimento e tecnologia na área da maquinação e da impressão 3D, criando mais tarde a Windform.

A CRP Racing foi apenas fundada em 2003 focada essencialmente no desenvolvimento de tecnologia para a alta competição tendo a sua divisão nos Estados Unidos entrado em força no desenvolvimento da NASCAR.

Mais tarde e durante mais de uma década, a Energica, nascida do Grupo  CRP, produziu motos elétricas, inicialmente para pista e a partir de 2014 para estrada.  Presentemente a empresa Norte-Americana Ideanomics adquiriu 70% do capital da Energica e implementa um novo dinamismo no desenvolvimento  de veículos elétricos, realidade que nenhuma outra marca ainda alcançou e cuja estratégia assenta em fortes conhecimentos de engenharia e na industrialização, no design das suas máquinas e numa rede comercial exclusiva, como garantia de um bom serviço de manutenção. A marca conta já com 135 pontos de venda a nível internacional e em 2022 teve um crescimento de vendas de 67%.

Em Portugal,¬†o primeiro concession√°rio da marca √© a empresa WATT, sociedade exclusivamente dedicada √† comercializa√ß√£o de ve√≠culos el√©tricos, com instala√ß√Ķes no Parque das Na√ß√Ķes em Lisboa. No curto prazo a Moteo pretende ter um segundo concession√°rio na regi√£o do Porto e no m√©dio prazo tamb√©m no Algarve.

As principais vantagens dos modelos Energica s√£o a sua maior pot√™ncia e bin√°rio, de¬†171,4 CV nas vers√Ķes EGO e EVA Ribelle¬†( com uma pot√™ncia nominal de 149,6 CV ) e um bin√°rio com uma curva sempre linear, como √© caracter√≠stica das motos el√©tricas, de uns¬†impressionantes 222 Nm¬†. A sua velocidade m√°xima est√° limitada electr√≥nicamente aos 240 Km/h. As motos beneficiam de uma tecnologia pr√≥pria e exclusiva do conjunto Motor/Inversor e de incorporarem um sistema de refrigera√ß√£o l√≠quida.

A autonomia é um factor a que a Energica dá especial atenção conseguindo uma autonomia máxima de 420 Km, tendo entre 194 km e 222 Km de autonomia homologada. As baterias n têm 22,5 Kw/h de potência máxima, tecnologia herdada do Moto E, contribuindo para um melhor rendimento do conjunto e para uma diminuição, em conjunto com o motor, de cerca de 35 Kg face aos modelos anteriores, melhorando a performance e a manobrabilidade. A carga máxima pode ser obtida em cerca de 7 horas em carregamentos realizados em casa e em postos de carregamento rápido é possível obter cerca de 80% da carga em 40 mnts.

Resumo das características dos modelos

ENERGICA EGO

  • Pot√™ncia 149,6 CV ( pot√™ncia de pico 171,4 CV )
  • Bin√°rio 222 Nm
  • Velocidade Max. limitada a 240 Km/h
  • Autonomia 420 Km
  • Carregamento DC r√°pido de s√©rie
  • Opcionais : Kit Corsa Clienti para uso exclusivo em pista

EVA RIBELLA

  • Pot√™ncia 149,6 CV ( pot√™ncia de pico 171,4 CV )
  • Bin√°rio 222 Nm
  • Acelera√ß√£o dos 0-100 Km/h 2.6 seg.
  • Velocidade Max. limitada a 240 Km/h
  • Autonomia 420 Km/194 Km
  • Carregamento DC R√°pido de s√©rie

ESSE ESSE 9

  • Pot√™ncia 109 CV
  • Bin√°rio 207 Nm
  • Velocidade Max. limitada a 200 Km/h
  • Autonomia 420 Km/194 Km
  • Carregamento DC R√°pido de s√©rie

EXPERIA

  • Pot√™ncia 80 CV
  • Bin√°rio 115 Nm
  • Acelera√ß√£o dos 0-100 Km/h 3.5 seg.
  • Velocidade Max. limitada a 180 Km/h
  • Autonomia 222 Km
  • Carregamento DC R√°pido de s√©rie
  • Primeira Green Tourer
  • IMU ‚Äď Unidade de Medi√ß√£o de In√©rcia Bosch
  • PVP base 29.213 eur

Os quatro modelos integram um sistema patenteado VCU ‚Äď Vehicule Control Unit , que mmede e controla a bateria, o inversor, o carregador, o motor e todos os sensores. Integram Sistema Ride by Wire com 4 Modos de motor pr√©-configurados ( mais 3 configur√°veis na EXPERIA ) , 4 Modos de travagem regenerativa, e 6 Modos de Controlo de Tra√ß√£o. Em termos de informa√ß√£o montam pain√©is TFT de medidas entre 4,3‚ÄĚ e as 5‚ÄĚ que disponibilizam toda a informa√ß√£o relevante. Integram ainda um sistema de assist√™ncia ao parqueamento que permite realizar manobras para a frente e para tr√°s com velocidade reduzida ( 3,5 KM/h ). Integram ainda um sistema eABS patenteado pela Energica para maior controle da travagem e que actua em conjunto com o Controle de Tra√ß√£o.


motomais.motosport.com.pt